Postagens populares nos últimos 30 dias

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Ivan Lins ao Vivo no Estúdio I


Ivan Lins Ao Vivo no Estudio I Adriana Calcanhotto no Sarau
by



Uma alegria imensa iniciar este blog ouvindo o Mestre Ivan Lins, ao vivo, no Estúdio I.

Abriu cantando "Quem me Dera", depois conversaram sobre questões atualíssimas, sobre a telefonia celular no Brasil, onde existem mais celulares que habitantes. Um amigo do sofá relatou que é mais barato utilizar um celular estadunidense e fazer uma ligação, mesmo aqui no Brasil, do que utilizar as operadoras brasileiras. Interessante, e vem provar o quanto estão metendo a mão no nosso bolso;

Argentina, inflação  -- lá  -- altíssima; Censura, sob pena de prisão a quem divulgue os índices não oficiais de inflação;

Estados Unidos, Barack Obama e o controle de armas. Restrição ao menos para armamento de guerra para a população civil, e armas para doentes mentais ou malucos sociais;

Ivan Lins cantou um xote, estilo Luiz Gonzaga; e antes revelou que fez, de brincadeira, uma dupla caipira, onde Ivan Lins é "Guimarães" (nome também real) e que o Jô soube ao vivo no Programa do Jô, e cantaram umas três músicas. Após o xote, intervalo.



Retorno, e o tema foi tecnologia e a nova ferramenta de buscas do Facebook. Gladiadores Facebook x Google; etc e tal.


Cantou Raiz:  "Foi um dia lindo pra sair no escuro!"

6¨.ª e Sábado, no Rival, Show do Ivan Lins.

Agora, 14:27hs aqui, lá 15:27, Ivan Lins arrasando:

Lembra de Mim...
Lindíssima música, poema de amor...

Lembra de mim...
Tarde demais... Lembra de mim!
A gente sempre...
Depois jogávamos nossos corpos ao mar
... depois de amar...

Meu Deus, que linda música.
E cai feito luva, no momento atual de nossa efêmera vida.

Novo intervalo de 2 minutos.

Hoje está ótimo. Antes de cada intervalo, uma canção com Ivan Lins, ao-vivo.

Retornou. E Ivan vai encerrar com Tudo o que fiz foi ouvir o meu peito.

"Tudo o que fiz
foi ouvir o que meu peito pedia
que apesar de toda mágoa
vale a pena ser feliz

Tudo que fiz
foi ...
que todo mundo pode ser feliz.

Eu quero ver nascer o tempo

Meu peito diz
Coração é igual país
Fez uma mudança...
Não deu certo faz outra
Porque a gente merece ser feliz...
(intervalo 2 minutos)

Menino! Acabei de fazer um blog só para o Estúdio I. Muito bom. Maria me deixa desconcertado. O seu sentar é de matar. Linda, Linda, Linda!

Agora, na Globo News, Sarau: Outro excelente programa.

Adriana Calcanhotto


Argumento

Tá Legal... Eu aceito o argumento.
Mas não me altere o samba um tanto assim
Olha que a rapaziada está sentinfo a falta de um cavaco, um pandeiro e de um tamborim.
Faça como o velho marinheiro
que durante o nevoeiro leva o barco devagar.

Tá Legal... Eu aceito o argumento.
Mas não me altere o samba um tanto assim
Olha que a rapaziada está sentinfo a falta de um cavaco, um pandeiro e de um tamborim.

Tá Legal... Eu aceito o argumento.
Mas não me altere o samba um tanto assim
Olha que a rapaziada está sentinfo a falta de um cavaco, um pandeiro e de um tamborim.
Faça como o velho marinheiro
que durante o nevoeiro leva o barco devagar.

Faça como o velho marinheiro
que durante o nevoeiro leva o barco devagar.
Adriana Calcanhotto (Sarau grafou só com um T)

Do pop ao Samba: Com banda:

Micróbio do Samba: explicando por que esse nome, novo CD.

Muito bom. Mas esse blog é do Ivan Lins.

Abri agorinha um para o Estúdio I e agora me arretei, outro para o Chico Pinheiro, para o Programa Sarau, da Globo News"!

-Maldito Rádio
-Não...
Malditi rádio
agora que eu pensei que ia mudar a vida
Agora não, essa canção a machucar meu coração

Maldito rádio!

Maldito rádio!
Maldito rádio! 
Maldito rádio!

Não! Não quero ouvir... Não...
Maldito rádio...
(Adriana Calcanhotto)

Ah! Ja temos, faz tempo, um blog pras letras e pra essa linda menina, Adriana Calcanhotto.
Quase não a reconheci, achei muito "novinha", uma menina... Adriana Parte-Pim (Apelido... Adriano faz, sou eu, parte-e-pim!)

Vai saber!
Vai saber!
Vai saber...
(Adriana Calcanhoto)

Rasga as Minhas Cartas

Rasga as minhas cartas e...  não me procures mais.

Deixa-me sozinho porque assim eu viverei em paz
quero que viva feliz ao lado de teu novo rapaz

O retrato que eu te dei
se ainda tem, não sei, mas se tiver... Devolva-me!

Deixa-me sozinho porque assim eu viverei em paz
quero que viva feliz ao lado de seu novo rapaz
O retrato que eu te dei
se ainda tem, não sei, mas se tiver
devolva-me!
Devolva-me!
Devolva-me!
(Adriana Calcanhotto)

E pra fechar o Sarau,
Sou Eu Assim sem Você

Piu-Piu sem Frajola
Claudinho sem Buchecha
Sou eu assim sem você

Eu não existo longe de você!
E a solidão vai acabar comigo.
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio está de mal comigo

-- Essa nós temos no nosso Website,
no CD Netinha Piauí MPBar
http://www.lustatotenterrara.com/audio.php?cod=47164

Linda...

Agora é bye!

Bye mesmo

by



Google Translate: Dos Russos aos Magistrados Gregos da Lacônia